Novos e usados: como não se enrolar no momento da compra

AutoEsporte de domingo (23) dá dicas para fazer um bom negócio. Conheça projeto que pode modificar a forma de tirar habilitação para motos.

O mercado de automóveis está aquecendo gradativamente. No balanço da economia, o primeiro semestre de 2017 se destaca por ter representado um aumento de quase 10% na venda de carros em relação ao mesmo período do ano passado. O fenômeno traz, ainda, uma novidade: para cada quatro automóveis novos emplacados, foram vendidos nove usados.

Para falar do fenômeno, o AutoEsporte deste domingo, dia 23, mostra como o consumidor pode cuidar da documentação na hora de adquirir seu veículo e evitar negócios enrolados por causa de pendências fiscais ou jurídicas.

Já para quem pensa em adquirir uma moto, a edição traz as propostas de mudanças para o novo modelo de habilitação para motociclistas. A Comissão de Viação e Transporte da Câmara dos Deputados aprovou, em abril, um projeto para criação de subdivisões na categoria de habilitação A. Segundo a proposição, o usuário precisa ter tempo de rodagem em motos menores antes de trocar de categoria — fator que não prejudicará os motociclistas já habilitados.

Além disso, o ‘AutoEsporte’ relembra a história das rodas de liga leve, que se distinguem das rodas de ferro e são cada vez mais são utilizadas pelas indústrias automotivas. Feitas de uma liga de alumínio, para reduzir o peso, e também de silício e ferro, para garantir resistência, as rodas de liga leve têm sido utilizadas nas principais categorias do esporte automotivo, como a Fórmula 1.

A indústria automotiva – e não somente ela – também segue firme na busca pelo desenvolvimento de veículos autônomos, ou seja, que não dependam de uma pessoa para realizar suas funções e, principalmente, dirigir. Por enquanto, o que já está disponível são modelos de carros que têm funções bastante avançadas, são os chamados “semiautônomos”, pois são capazes de estacionar, frear em caso de perigo iminente e realizar outras atividades que ajudam a vida do motorista.

O programa aborda como as montadoras estão fazendo para aliar inovação e segurança, fator imprescindível para tornar os projetos viáveis. Mas tem algo que ainda depende do cuidado e da atenção dos proprietários: a troca de óleo da direção hidráulica, que pode causar muitos danos ao veículo.

O ‘AutoEsporte’ vai ao ar aos domingos, logo após o ‘Globo Rural’.

Fonte: G1