Financiamento de veículos cresce 9,7%

O volume de financiamentos realizados por cidadãos cearenses para a aquisição de veículos no Estado avançou 9,7% em agosto, em comparação a igual período do ano passado. De acordo com levantamento da B3, foram 13.515 veículos vendidos a crédito no Ceará, entre automóveis leves, pesados e motocicletas. Os dados consideram tanto unidades novas como usadas.

Com o financiamento de 3.628 motos em agosto, o Estado passou a ocupar a segunda posição no ranking da categoria no Nordeste, ficando atrás somente do Maranhão.
No acumulado do ano, os financiamentos de veículos no Ceará somaram 95.520 unidades, entre unidades novas e usadas. O número registrado pelo levantamento da B3 representa um avanço da modalidade de crédito de 2,8% no Estado, quando comparado com mês de agosto do ano passado.
Em agosto, o Nordeste totalizou 78.717 veículos financiados, o equivalente a um aumento de 9,6% em relação a igual período de 2016.
Ao somar 19.565 motos vendidas a crédito, a região atingiu a vice-liderança no ranking de financiamentos da categoria em todo o Brasil, atrás somente do Sudeste.
Somatória
O total de veículos financiados no Brasil em agosto somou 468.823 unidades, entre automóveis leves, motocicletas, pesados e outros, o que representa um aumento de 12,8% em relação a igual período do ano passado. Desse total, as vendas a crédito de veículos novos atingiram 168.873 unidades, um avanço de 8,9% ante igual mês do ano anterior, enquanto os veículos usados chegaram a 299.950 (alta de 15,2%).
No acumulado do ano, os financiamentos de veículos novos no País recuaram 1,3%, em relação ao mês de agosto de 2016, e totalizaram 1.163.087 unidades. Já os veículos usados avançaram 14,6%, na mesma base de comparação, e atingiram 2.152.341 unidades negociadas de janeiro a agosto.
Modalidades
Considerando as modalidades de financiamento, o Crédito Direto ao Consumidor (CDC) continua sendo a mais utilizada pelos consumidores brasileiros, com 392.071 veículos financiados em agosto, alta de 17,1% na comparação com o oitavo mês do ano passado.
Já a modalidade do consórcio recuou 4,7%, em relação a agosto de 2016, com 66.782 unidades negociadas.
O prazo médio de financiamento de automóveis leves de quatro a oito anos de uso aumentou de 42,9 meses para 43,3 meses em agosto, em relação a igual período de 2016. Já o prazo para financiar carros novos caiu de 37,3 para 36,7 meses, em igual base de comparação.
Pesquisa
A B3 é uma empresa resultante da combinação de atividades da BM&FBOVESPA e a Cetip, uma companhia de capital aberto que oferece serviços de registro, central depositária, negociação e liquidação de ativos e títulos, e é a maior depositária de títulos privados da América Latina. A empresa opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG), base integrada de informações que reúne o cadastro das restrições financeiras de veículos dados como garantia em operações de crédito em todo o Brasil, que impede que o processo de financiamento de veículos seja suscetível a fraudes sistêmicas.
https://www.ultimoinstante.com.br/ultimas-noticias/economia/setores/b3-vendas-financiadas-de-veiculos-somaram-468-mil-em-agosto/199751/

B3: Vendas financiadas de veículos somaram 468 mil em agosto

O volume de financiamentos de veículos novos e usados para o mês de agosto somou 468.823 unidades, aumento de 12,8% em relação ao mesmo mês do ano passado. Os dados consideram automóveis leves, motos e pesados. Desse total, foram vendidos a crédito 168.873 veículos novos, avanço de 8,9% ante agosto de 2016. Já os usados atingiram 299.950 vendas a crédito, alta de 15,2% na mesma base de comparação..

No acumulado do ano, os financiamentos de veículos novos recuaram 1,3%, em relação ao mesmo período de 2016, e totalizaram 1.163.087 unidades. Já os veículos usados avançaram 14,6%, na mesma base de comparação, e atingiram 2.152.341 unidades negociadas de janeiro a agosto.

O levantamento é da B3, empresa resultante da combinação de atividades da BM&FBOVESPA, uma das maiores bolsas do mundo em valor de mercado, e a Cetip, maior depositária de títulos privados da América Latina. A B3 opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG), base privada de informações que reúne o cadastro das restrições financeiras de veículos dados como garantia em operações de crédito em todo o Brasil.
O SNG impede que o processo de financiamento de veículos seja suscetível a fraudes sistêmicas.

No mês, os automóveis leves avançaram 15,4%, em relação ao mesmo período de 2016, ao somarem 110.134 carros financiados. Já os autos leves usados cresceram 15,2%, na mesma base de comparação, e totalizaram 275.256 unidades negociadas em agosto.
No acumulado do ano, as vendas financiadas de carros novos avançaram 1,5%, ao somarem 717.971 unidades. Seguindo o desempenho de alta, os financiamentos de autos leves usados aumentaram 14,4%, na mesma base de comparação, e totalizaram 1.976.808 unidades.

O mês de agosto encerrou apontando para uma leve recuperação no mercado de financiamentos de autos leves novos”, disse Marcus Lavorato, superintendente de Relações Institucionais da B3.

Em agosto, os autos leves com até três anos de uso mostraram queda de 4,2%, enquanto os autos leves com quatro a oito anos de uso avançaram 18,4%, na comparação com o mesmo mês de 2016, com 151.072 carros negociados. Seguindo o mesmo desempenho de alta, os carros com nove a 12 anos de uso e aqueles com mais de 12 anos avançaram 43,7% e 29,4%, respectivamente.

Considerando as modalidades de financiamento, o CDC continua sendo a mais utilizada pelos consumidores, com 392.071 veículos financiados em agosto, alta de 17,1% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Já o consórcio recuou 4,7%, em relação a agosto de 2016, com 66.782 unidades negociadas.

Fonte: DiarioNordeste