FENAUTO dá dicas de como comprar um carro usado com segurança

A Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores – FENAUTO, é a entidade que representa lojistas multimarcas de veículos seminovos e usados por todo o país.
Para colaborar para a boa realização de negócios, a entidade oferece uma série de dicas de como um consumidor pode adquirir seu veículo com maior segurança. Veja, abaixo, os cuidados que podem ser tomados no momento da escolha e da compra.
 

1 – Você pode escolher seu carro na internet pois hoje existem muitas opções na rede para isso. Mas, depois de escolher o modelo ideal e as condições que cabem no seu bolso, procure dar preferência para a compra em uma loja legalmente estabelecida, com boa reputação e indicação de amigos ou parentes. Ver o carro na loja, saber das condições do mesmo, ter acesso ás informações necessárias sobre o veículo ainda é fundamental para não se arrepender depois.
2 – Procure saber se a loja escolhida para a compra conta com financiamentos oferecidos pelos principais bancos e financeiras do mercado, já que os mesmos também são responsáveis pelo processo de compra e financiamento.
3 – Exija do vendedor ou lojista o acesso à documentação do veículo, incluindo ai, o Manual do Proprietário para conferir as revisões feitas e a quilometragem do mesmo. Essas informações são importantes para saber se todos os cuidados exigidos foram cumpridos pelo proprietário anterior.
4 – Exija do vendedor ou lojista uma certidão garantindo que o veículo que deseja está livre de multas, restrições de financeiras, etc, além de saber também se ele veio de leilão ou outro tipo de compra. Saber a origem e o histórico do mesmo é muito importante.
5 – Você pode exigir do vendedor ou lojista um Laudo produzido por empresas credenciadas no mercado. Esse laudo faz um verdadeiro Raio X no veículo, checando se ele tem o chassi adulterado e que partes importantes como câmbio, motor etc estão de acordo com a procedência dele. Esse laudo pode ser produzido em oficinas próprias de empresas especializadas ou mesmo na sua residência, caso não tenha tempo para ir a uma delas.
6 – Se não tiver acesso a esses dados todos, peça a um despachante que verifique e cheque o histórico do veículo antes de fechar negócio.
7 – Você pode levar um mecânico de sua confiança para avaliar o estado do carro e acompanhá-lo em um test-drive para confirmar as boas condições do carro.
8 – Avalie também as condições do desgaste das demais partes do veículo como lataria, pneus, amortecedores etc para ver se são compatíveis com a idade e a quilometragem apresentada no odômetro do mesmo.
 

Com essas dicas, a compra de um veículo seminovo ou usado será muito mais segura!