Venda acumulada de veículos usados mantém-se positiva

Relatório da Fenauto aponta desaquecimento nos negócios em sintonia com a economia

São Paulo, agosto de 2019 - Foi divulgado o relatório nacional de vendas de veículos usados, produzido pela Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores – FENAUTO – apresentando os resultados das vendas realizadas no mês junho de 2019.

Na comparação com o mês de maio de, e em parte em função do mês de junho ter tido 2 dias úteis a menos, o resultado ficou negativo em 16,3. Os resultados obtidos no comparativo, com o mesmo mês de 2018, mostra um recuo de 4,3%.

Para a entidade, esses resultado, apesar de negativos, devem ser relativizados, pois ocorrem em um período onde ainda se constatam muitas incertezas sobre o futuro próximo do desempenho da economia do país. A Federação ressalta, também, que vale notar o resultado positivo acumulado em 2019, de 0,6%.

Essas incertezas, no entanto, podem ser substituídas por definições que deem um "rumo" ao mercado, mesmo que elas não sejam as ideais, podem representar um "norte" definido, que ajudem a focar o trabalho dos agentes do mercado.

Para o presidente da FENAUTO, Ilídio dos Santos, a recomendação da entidade continua a mesma passada em meses anteriores, com ênfase ao desempenho da economia, a ser ativado por definições e medidas que possam oferecer "um rumo" mais claro para o mercado. Para ele, "o nosso segmento reflete o desaquecimento de toda a economia como um todo nos últimos meses, em função dessas indefinições sobre o caminho que nossa economia deverá tomar. Isso, sem dúvida, reflete intensamente nos níveis de confiança do consumidor e de outros agentes que apresentam suas projeções e perspectivas, regularmente. "