Venda de veículos usados registra aumento no mês de julho

Em comparação com julho de 2019, os números de 2020 ficaram 14,3% menores

O acumulado verificado neste ano ainda é negativo em 30,5%, mas com uma tendência positiva de melhora que vem se mantendo desde a 5ª semana de abril, sucessivamente

A venda de veículos usados teve alta no mês passado. Segundo os dados da Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto), houve uma aumento de 52,1%, quando comparado ao mês de junho. Em comparação com julho de 2019, os números de 2020 ficaram 14,3% menores.

O acumulado verificado neste ano ainda é negativo em 30,5%, mas com uma tendência positiva de melhora que vem se mantendo desde a 5ª semana de abril, sucessivamente. Em julho foram comercializados 1.143.726 veículos, alcançando a marca de 5.684.145 no acumulado do ano.

"A persistir esse movimento positivo da retomada de negócios, teremos alcançado o patamar normal verificado antes da pandemia, ainda no mês de agosto. Estamos atentos à movimentação da economia com a flexibilização da quarentena e a retomada gradual das atividades normais do mercado", afirma o presidente da Fenauto, Ilídio dos Santos.

Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link: https://www.acritica.net/editorias/automoveis/venda-de-veiculos-usados-registra-aumento-no-mes-de-julho/467693/ - as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do jornal A Crítica de Campo Grande estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do jornal (redacao.acritica@gmail.com). Essas regras têm como objetivo proteger o investimento que o jornal "A Crítica" faz na qualidade de seu jornalismo.

Fonte