Crescimento de 14% nas vendas de seminovos e usados, nos últimos 4 meses, no Paraná

O presidente da Assovepar Cesar Lançoni Santos separou alguns cuidados que o consumidor deve ter na hora de comprar o carro.

Uma das melhores épocas para se adquirir um carro seminovo e usado, é no final do ano. Durante o período, o consumidor pode aproveitar as promoções oferecidas pelas revendedoras, que procuram aumentar o giro dos estoques, com bons preços e condições especiais, sendo uma grande oportunidade de negócio.

Embora o ano tenha tido alguns meses de recuo por conta da pandemia, o volume de vendas vem crescendo desde agosto, se comparado com 2019. Segundo dados divulgados pela Associação dos Revendedores de Veículos Automotores no Estado do Paraná (Assovepar), nos meses de agosto, setembro, outubro e novembro de 2020, houve crescimento de 14,4%, nas vendas de seminovos e usados comercializados no Paraná, em comparação com o mesmo período de 2019. Nestes quatro meses de 2020 foram comercializadas 453.401 unidades, contra 396.066unidades vendidas no mesmo período do ano anterior.

Para o presidente da Assovepar César Lançoni Santos, a corrida por parte do consumidor neste período é tradicional. "A chegada das férias e o décimo terceiro estimulam a população a comprar ou trocar de carro nessa época". Ele ainda comenta sobre os números positivos apresentados pelo setor neste segundo semestre. "Por conta da pandemia, muitos consumidores acabaram adiando a compra. Também, vemos movimentação de pessoas que buscaram a aquisição de carro como forma de evitar o transporte coletivo, para tentar se proteger do contágio", observa.

Dicas para a compra segura

E, em decorrência deste aumento na comercialização de carros do setor, o presidente da Assovepar, comenta os principais cuidados que o consumidor deve ter na hora de comprar um seminovo ou usado no fim de ano. "Desconfie dos preços muito abaixo dos praticados no mercado, isso pode ser um sinal de que algo não está certo, por isso priorize sempre a qualidade do veículo, solicite em todas as compras um laudo técnico de perícia do carro para saber seu histórico, verifique sempre se a documentação do veículo está em dia e faça uma consulta com o número do Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores) no Detran para ver se existe alguma pendência seja com o IPVA, DPVAT e multas. E antes de fechar o negócio, procure um mecânico de confiança".

Ele reforça ainda que a principal recomendação é comprar de lojas idôneas no mercado, para garantir um negócio mais seguro. "As revendas associadas são empresas de credibilidade no mercado, que atuam com veículos de procedência (com documentações em ordem), têm agilidade na transferência, oferecem equipes de vendas qualificadas, agilidade no processo de financiamento, boas taxas de juros e prazos com as melhores financeiras do Brasil. As lojas associadas estão cadastradas para consulta no site da Assovepar no assovepar.com.br.

Fonte