Top 10: os carros usados mais vendidos de novembro

Gol lidera lista, seguido pelo Palio e o Fiat Uno. Confira ranking
Em novembro, o Volkswagen Gol foi o automóvel mais vendido no segmento de usados e seminovos. Segundo a Federação Nacional das Associações de Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto), o compacto da marca alemã, líder do segmento, somou 81.518 vendas no mês.

Em seguida, aparecem o Fiat Palio, com 47.288 unidades vendidas em novembro; o Fiat Uno, com 46.419 unidades; o Ford Fiesta, com 31.483 unidades; e, completando a lista dos cinco mais vendidos, o Chevrolet Celta, com 29.639 unidades vendidas.

Considerando apenas o mercado de usados e seminovos, a Fenauto diz que o setor segue em recuperação, após ser bastante impactado pelo coronavírus, mas as vendas superam os números de 2019. Em novembro, a média diária de transferências ao longo dos 20 dias úteis foi de 70.601 unidades, contra 69.859 em outubro, o que representou uma alta de 1,1%. E, na comparação com novembro de 2019, a elevação foi de 15,8%, segundo a federação.

Ranking dos 10 carros usados mais vendidos em novembro de 2020
1º - Volkswagen Gol - 81.518 unidades
2º - Fiat Palio - 47.288 unidades
3º - Fiat Uno - 46.419 unidades
4º - Ford Fiesta - 31.483 unidades
5º - Chevrolet Celta - 29.639 unidades
6º - Fiat Strada - 29.120 unidades
7º - Ford Ka - 26.937 unidades
8º - Hyundai HB20 - 26.762 unidades
9º - Chevrolet Onix - 26.335 unidades
10º - Volkswagen Fox - 25.669 unidades

Modelos novos
Segundo dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), o mês de novembro foi o melhor do ano para as montadoras, com 225 mil unidades emplacadas, incluindo carros de passeio, veículos comerciais leves, ônibus e caminhões.

No mês, o Volkswagen Gol foi o quarto automóvel zero-quilômetro vendido, com 63.171 unidades licenciadas, ficando atrás do Chevrolet Onix, líder desde 2015, que registrou 118.785 emplacamentos, no mesmo período.

De acordo com entidades que representam montadoras e distribuidores de veículos, os emplacamentos em estados das regiões Norte e Nordeste registram retomada mais robusta e queda menor em relação a 2019 do que as regiões Sul e Sudeste.

Fonte